Multiverso Comic Con RS

   

Nos dias 23 e 24 deste mês aconteceu, em Porto Alegre, a Multiverso Comic Con (como já havíamos divulgado aqui). Este que vos escreve esteve lá e conta um pouco de como foi o evento.

A Multiverso Comic Con não é o único evento voltado para quadrinhos no Rio Grande do Sul, mas tem se destacado, embora esteja apenas na sua segunda edição, por buscar um formato como o das convenções de quadrinhos americanas (as chamadas comic cons, daí o título). Para quem não está familiarizado com este tipo de evento, ele é simplesmente um resumo de tudo o que o nerd fã de quadrinhos costuma gostar: Desenhos, action figures, e muitas, mas muitas HQs.


É claro que, por ser uma convenção, ela conta também com diversas atrações, entre elas painéis e entrevistas com autores, artistas e profissionais diversos da área dos quadrinhos. E nesta edição da Multiverso comic Con não foi diferente. Nomes como o editor da MSP Sidney Gusman, o editor da DC na Panini Levi Trindade, os artistas Daniel HDR, Luke Ross, Eddy Barrows, Renato Guedes, Carlos Ruas, Estevão Ribeiro, Rafael Albuquerque e o convidado internacional Eduardo Risso, além da colorista indicada ao Eisner Awards Cris PeterThedy Corrêa (sim, o vocalista do Nenhum de Nós), entre muitos outros.



Entre os painéis, diversos assuntos como a ascenção das tirinhas de internet, o reboot da DC Comics, o filme Os Vingadores, os Batman de Christophoer Nolan e a polêmica sobre a homossexualidade do Lanterna Verde Alan Scott trouxeram o que há de mais interessante na produção de quadrinhos nacional e assuntos atuais que acontecem nas editoras americanas, além de muita informação sobre o mercado e artistas, com entrevistas interessantíssimas com diversos dos convidados.





Minha presença lá foi tanto como imprensa quanto como fanboy, pois tive a oportunidade de rever diversos amigos e de conhecer pela primeira vez autores e artistas dos quais sou fã (além disso, fiquei no mesmo hotel que os convidados, então pude bater um papo e trocar ideias com vários deles durante o café da manhã - e durante o evento também).






Uma das tradições mais curiosas de convenções de quadrinhos são os cosplays, que também marcaram presença no evento (embora tive a impressão de que em menor número que o ano passado).









É claro que o evento teve alguns pequenos contratempos (no primeiro dia, houve atraso na abertura dos portões e cronograma ficou meio apertado porque o evento “perdeu” um dos palcos que ia usar – além disso, não pude assistir ao último painel de domingo, sobre os filmes do Batman, que contou com Thedy Corrêa, pois ele começou tarde), mas em convenções como essa é impossível que tudo saia perfeito. Mas nada impediu que a Multiverso Comic Con desse ano tenha sido um grande evento para levar adiante a temporada de eventos de quadrinhos no Brasil.


Quem nunca foi em um evento de quadrinhos, fica a dica: procure o mais próximo de sua cidade. Para quem gosta não só de ler quadrinhos, mas de ficar por dentro, conhecer um pouco melhor do mercado e dos profissionais que fazem acontecer, não há nada melhor. Quem é do RS, posso dizer que a Multiverso Comic Con é um ótimo lugar para se estar entre fãs e leitores como você. Quem não é fã de quadrinhos, mas se interessa por algumas coisas nerds, como filmes, por exemplo, também vale para trocar ideias e conhecer mais a respeito destes temas. E que venha a Multiverso Comic Con 2013!




E fiquem ligados, pois o Uarévaa e o Daniel HDR vão em breve trazer uma surpresa bem bacana para seus leitores.


AGUARRRDEMMMMMM


Fotos: Jana Gamba, arquivo Multiverso Comic Con

Nome do Autor

Rafael Rodrigues

Filósofo, redator publicitário, promotor da ciência, roteirista de quadrinhos, professor de informática e pseudoblogueiro. Um homem que gosta de coisas simples, como Quadrinhos, Cinema e Ciência. Sabe, coisas normais.

Leia Mais sobre Rafael Rodrigues...
Related Posts with Thumbnails
blog comments powered by Disqus