Re-animator

Dan Cain: Ele está morto?
Herbert West: Não mais.
Reanimator




Tema Macabro



Howard Phillips Lovecraft é, sem dúvida um dos autores mais influentes no gênero de terror, tendo em muitas de suas histórias estabelecido as bases para uma série de elementos do gênero que hoje são usados à exaustão em filmes, séries, livros, HQs e games. Não é de surpreender então que o autor tenha parte na criação de um dos elementos mais conhecidos do terror atualmente, os zumbis.

Em julho de 1922 começou a ser publicado, de forma seriada, um conto chamado Herbert West – Reanimator. Na história, um cientista obsessivo, desacreditado por seus colegas por insistir que pode superar a morte desenvolve uma fórmula que, injetada nas veias de um corpo recém falecido, causa a volta das funções do seu corpo, como trazendo-o de volta à vida. Mas o processo de “reanimação” tem seus efeitos colaterais, e a maioria das cobaias de Herbert West se tornavam violentos e, após tentativas de retornarem para suas próprias sepulturas, acabavam aterrorizando as comunidades de onde vinham. A única pessoa que simpatizava com Herbert West era Dan Cain, que foi um de seus colegas.

Herbert West – Reanimator foi publicado originalmente na publicação amadora Home Brew e dividida em 6 partes: “From the Dark”, “The Plague-Daemon”, “Six Shots by Moonlight”, “The Scream of the Dead”, “The Horror From the Shadows” e “The Tomb-Legions”. A história é considerada, junto com Frankenstein de Mary Shelley, um dos precursores das histórias de Zumbis atuais.

Como eu mencionei no post sobre Lovecraft, o autor só teve reconhecimento depois de morto, então na época a história não chegou a se tornar popular, isso acontecendo apenas após suas adaptações para outras mídias.

A primeira adaptação do conto se deu na revista Weird Science, da EC Comics, em 1950, numa versão em quadrinhos. Mas a mais conhecida adaptação do personagem foi sem dúvida o filme Re-animator, de 1985, dirigida por Stuart Gordon (que também adaptou o conto de Edgar Allan Poe, o Poço e o Pêndulo) e protagonizado por Jeffrey Combs. O filme, além de ser uma boa adaptação do conto original também foi muito bem recebido pela crítica, e hoje o filme é considerado um clássico do gênero.



O filme ainda contou com duas sequências: A Noiva do Re-Animator, de 1991, que mostra a tentativa de reanimar um antigo amor do Dr. Dan Cain e mais recentemente, em 2003, Beyond Re-Animator, que leva a história e os personagens para uma prisão, 13 anos depois da última sequência, onde Herbert West cumpre pena pela morte de uma garota. As duas sequências foram dirigidas por Brian Yuzna (diretor de trashes como A Volta dos Mortos-Vivos 3) e trazem de volta Jeffrey Combs como protagonista.



A noiva de Re-animator foi bem recebido, ganhando inclusive algumas premiações do gênero, e ainda se inspira no conto original de Lovecraft. Já Beyond Reanimator foi menos expressivo, estreando primeiro na TV e indo direto para DVD, tendo muito pouco a ver com o conto original, sendo apenas uma sequência direta dos filmes. Mas também vale a pena conferir.





Curiosidades:
- Herbert West – Reanimator foi criado por Lovecraft como uma paródia do Frankenstein de Mary Shelley;

- Jeffrey Combs, que intepreta Herbert West nos três filmes de Re-Animator faz a voz do Questão no desenho Liga da Justiça Sem Limites;
- Recentemente a editora Dynamite Entertainment publicou a hq Army of Darkness VS Re-Animator, colocando Herbert West e outros monstros Lovecraftianos contra Ash Williams, da série de filmes Evil Dead;
- A editora Zenescope (que está lançando HQs da série Charmed) publicou uma revista em quadrinhos regular chamada “Chronicles of Dr. Herbert West”, baseado no conto original;
- Foi desenvolvido o piloto de uma série chamada “Herbert West – Re-animator: The Series”, que buscava ser uma série de terror adolescente no estilo “Buffy – A caça Vampiros” e inspirada no conto de Lovecraft. Não soube mais nada sobre esta série desde 2009, então ao que parece, o piloto não decolou (trocadilho não intencional).



Na próxima madrugada:
Uma jovem garota é morta, e para trazê-la de volta à vida, um jovem a submete a uma ousada experiência. Na próxima semana, um filme com premissa criativa e original, do tipo que não se faz mais, A Maldição de Samantha.

Nome do Autor

Rafael Rodrigues

Filósofo, redator publicitário, promotor da ciência, roteirista de quadrinhos, professor de informática e pseudoblogueiro. Um homem que gosta de coisas simples, como Quadrinhos, Cinema e Ciência. Sabe, coisas normais.

Leia Mais sobre Rafael Rodrigues...
Related Posts with Thumbnails
blog comments powered by Disqus