El Espinazo del Diablo

"O que é um fantasma?
Uma tragédia condenada a se repetir indefinidamente?

Um instante de dor, talvez.
Algo morto que ainda parece estar vivo.
Uma emoção em animação suspensa no tempo.
Como uma fotografia borrada.
Como um inseto preso num âmbar."
El Espinazo Del Diablo

Rafael Rodrigues





Tema macabro



El Espinazo Del Diablo

Nem só de filmes americanos vive o cinema de terror. Em posts passados, falei um pouco sobre a contribuição dos filmes italianos para o gênero (e você pode esperar mais sobre o assunto no futuro). Agora, começo a discorrer um pouco sobre outras vertentes internacionais do gênero. Uma delas são os filmes espanhóis, que já nos brindaram com pérolas excepcionais do gênero e que encontrou uma voz bastante cultuada com Guilhermo Del Toro.

O cineasta – que é mexicano e não espanhol – é hoje um dos mais cultuados e aclamados diretores de cinema no mundo e em Hollywood está com a moral lá em cima depois do sucesso com filmes como Hellboy 1 e 2 e tendo sido convocado para dirigir O Hobbit, adaptação do livro de J.R.R. Tolkien e que antecede a Trilogia O Senhor dos Anéis).

Mas as grandes contribuições do cineasta – e agora escritor – estão mesmo dentro do gênero de terror. E, embora o cineasta deva seu sucesso atual ao Labirinto do Fauno (um dos melhores filmes do gênero), cabe citar outro filme dirigido por ele e que é muito recomendável: El Espinazo Del Diablo.

El Espinazo Del Diablo (ou, em tradução livre, a espinha do diabo) conta a história de Carlos, um garoto de 12 anos que, após a perda do pai, é deixado em um orfanato em meio à Guerra Civil Espanhola. Lá ele tem que aprender a conviver com crianças perturbadas, adultos agressivos e uma atmosfera fantasmagórica que permeia todo o lugar. Em meio a isso, estranhas aparições de um menino fantasma levam Carlos a uma aventura assustadora.

El Espinazo Del Diablo Trailer


Se você já assistiu Labirinto do Fauno, vai notar muitas semelhanças, apesar dos filmes serem completamente diferentes. No entanto, os dois filmes se passam durante a guerra civil espanhola e tem como protagonistas crianças sem pai que precisam aprender a conviver em um lugar estranho e desolador, e encontram algo incomum que lhes traz um significado maior à todo o horror que estão vivendo. Ou seja, como todo bom filme de terror, um filme que fala muito sobre a vida e altamente recomendável. Infelizmente, A Espinha do Diabo não chegou aqui nos cinemas e nem pode ser encontrado em DVD. No entanto, se você ainda tem vídeo cassete, é possível encontrar o filme em VHS.

Curiosidades:
- O filme foi produzido por Pedro Almodóvar
- Del Toro considera O Labirinto do Fauno como uma "sequência espiritual" de A Espinha do Diabo (não por acaso as estruturas dos filmes e até dos títulos são as mesmas)


Na próxima Madrugada:
Quem disse que o terror e o sobrenatural estão apenas na ficção? Na próxima semana, histórias de terror reais que nos leva à pergunta: O sobrenatural existe?

Nome do Autor

Rafael Rodrigues

Filósofo, redator publicitário, promotor da ciência, roteirista de quadrinhos, professor de informática e pseudoblogueiro. Um homem que gosta de coisas simples, como Quadrinhos, Cinema e Ciência. Sabe, coisas normais.

Leia Mais sobre Rafael Rodrigues...
Related Posts with Thumbnails
blog comments powered by Disqus