Masters of Horror

“Ela chegou. Sua alma está em perigo.”
Masters of Horror





Tema Macabro




Tudo começou em 2002, quando um documentário de 2 horas para um especial de Halloween foi desenvolvido com o nome de Masters of Horror. Apresentado por Bruce Campbel (da cinessérie Evil Dead e mais recentemente o filme My Name is Bruce), o programa trazia entrevistas com grandes diretores do cinema de terror, entre eles Wes Craven (A Hora do Pesadelo, As Criaturas atrás das Paredes), Tobe Hopper (O Massacre da Serra Elétrica), John Landis (Um Lobisomen Americano em Londres, Os Irmãos Cara de Pau), John Carpenter (Halloween), Guillermo Del Toro (A Espinha do Diabo, O Labirinto do Fauno), George Romero (A Noite dos Mortos-Vivos, Exército de Extermínio), Stuart Gordon (Re-Animator) e Dario Argento (Suspiria, Trauma).

Foi então que Mick Garris, colaborador de Stephen King em suas várias produções para a TV, decidiu convidar todos estes realizadores para um jantar, onde discutiram diversas ideias sobre o gênero. Diversos jantares se seguiram depois e, eventualmente, surgiu a ideia de se fazer uma série. Foi criado então Masters of Horror.



A ideia por trás da série é simples: Um formato de antologia, onde cada episódio é uma história fechada por si só, cada uma dirigida por um nome reconhecido do cinema de terror. Cada diretor tinha em mãos um orçamento de um milhão e meio de dólares, com total liberdade para filmarem o que quisessem. Mas com apenas um adendo: todos os episódios deveriam ser filmados em Vancouver, Canadá, e em apenas dez dias (cada episódio). O resultado, longe de ser insatisfatório, é uma série que lembra muito o formato de Além da Imaginação e é indispensável para os fãs do gênero.




A série foi exibida nos EUA pelo canal Showtime (o mesmo que exibia a série Dead Like Me) e teve duas temporadas com 13 episódios cada e contou com diversos diretores renomados do terror (embora alguns não muito conhecidos pelo público em geral), mas nem todos os Mestres do Horror “originais” puderam participar da iniciativa. Não sei dizer se a série passou no Brasil (tenho a impressão que sim), mas infelizmente ela não foi lançada em DVD no Brasil. No entanto, alguns episódios foram lançados separadamente como se fossem filmes isolados. Na falta da série inteira, procurem estes episódios que foram lançados em DVD, pois valem muito a pena.

Curiosidades
- O episódio Jennifer, dirigido por Dario Argento, é baseado em uma HQ curta dos anos 70 escrita por Bruce Jones;
- Dance of the Dead é um episódio escrito por Richard Christian Matheson, baseado num conto escrito por seu pai, Richard Matheson;
- Haeckel's Tale é um episódio baseado num conto de Clive Barker;
- Imprint, o último episódio da primeira temporada estava programado originalmente para ser veiculado entre os primeiros episódios, mas foi adiado por ser considerado perturbador demais (eu mesmo não consegui assistir o episódio inteiro sem fechar os olhos algumas vezes - é sério);
- Nomes como Eli Roth (O Albergue), David Cronenberg (A Mosca), Hideo Nakata e Rob Zombie foram cotados para a série, mas não puderam aceitar devido aos seus outros projetos;
- Está sendo discutido uma série chamada Masters of Italian Horror, com os grandes diretores italianos de terror como Lamberto Bava e Umberto Lenzi.


Na próxima Madrugada:
Dizem que a verdade é mais estranha que a ficção. Apenas sei que às vezes ela é muito mais assustadora. Na próxima semana, conheçam a história real sobre O Exorcismo de Anneliese Michel.

Nome do Autor

Rafael Rodrigues

Filósofo, redator publicitário, promotor da ciência, roteirista de quadrinhos, professor de informática e pseudoblogueiro. Um homem que gosta de coisas simples, como Quadrinhos, Cinema e Ciência. Sabe, coisas normais.

Leia Mais sobre Rafael Rodrigues...
Related Posts with Thumbnails
blog comments powered by Disqus